Manual de Marca: O Que é e Por Que ele é tão Importante para o Seu Negócio

manual de marca

Manual de Marca: O Que é e Por Que ele é tão Importante para o Seu Negócio

Muitos empresários não sabem ao certo o que é e para que serve um manual de marca, e por isso acabam não dando a devida importância a este documento que pode ser fundamental para uma comunicação visual mais eficiente com seu público-alvo.

Uma pequena história para contextualizar

Imagine que você investiu em um projeto para a criação de um logo profissional e de um cartão de visitas, porém não se atentou em exigir um manual de marca para o designer ou agência responsável pelo projeto, ou mesmo não quis investir um pouco mais para ter o manual, pois achou que não seria importante nesse primeiro momento.

Aí, para economizar, você enviou o seu logo para uma gráfica criar um flyer, e também para uma empresa de comunicação visual criar um luminoso para sua fachada, pois ambas prometeram criar as artes “gratuitamente” se você produzisse os materiais com eles.

Até aí tudo bem! O problema é que você não possui um manual de marca, e por isso, os “designers” de cada empresa criaram as artes como acharam melhor, pois não tinham nenhum material de apoio para guiá-los na criação.

O pessoal da gráfica criou um flyer utilizando tipografias e cores diferentes – sem relação nenhuma com o seu logo – deixou pouco espaçamento entre os elementos, inclusive bem próximos ao logo, o qual também recebeu um efeito de sombra para contrastar melhor com a imagem de fundo.

Já o pessoal da empresa de comunicação visual utilizou outras imagens, além de cores e tipografias diferentes – também sem relação nenhuma com o seu logo – e ainda deu uma esticada nele para que ocupasse um espaço maior dentro do luminoso e “chamasse mais atenção”.

Muito bem, aí você olha para o cartão de visitas, para o flyer e para o luminoso e percebe que um não tem nada a ver com o outro, tirando o logo, que ainda está aplicado de maneiras diferentes em cada um.

Conseguiu perceber o mal que isso faria para o seu negócio?

Se a sua resposta for não, eu vou explicar para você os 2 grandes problemas que “abrir mão” de um manual de marca pode trazer para o seu negócio.

1º problema: A comunicação da sua marca nunca terá uma padronização visual e por isso não será eficiente, podendo inclusive prejudicar a fixação e identificação da marca por parte dos clientes.

2º problema: Essa falta de padronização transmitirá uma ideia de amadorismo para sua marca, gerando dúvidas quanto à a credibilidade do seu negócio.

E é justamente para evitar toda essa bagunça que o manual de marca é tão importante.

Mas, o que é um manual de marca?

O manual de marca, também conhecido como manual de identidade visual, é um documento técnico desenvolvido pelo designer ou agência responsável pelo projeto de criação da marca, logo após a etapa criativa, e é a base para toda criação que envolva a comunicação visual de uma marca.

Este documento apresenta o conceito da marca e estabelece um conjunto de normas técnicas, especificações e recomendações fundamentais para garantir a correta aplicação de todos os elementos de uma marca e em diferentes situações, bem como algumas restrições também.

O objetivo do manual de marca é padronizar a aplicação dos elementos gráficos ligados a uma marca – símbolo, logotipo, cores, tipografia, grafismos, etc. – especificando e exemplificando tudo o que pode ou não ser feito.

Pode estabelecer também normas para layout em diversos pontos de comunicação visual de uma marca, como, por exemplo, para os itens de papelaria, o site institucional, a sinalização interna e externa, as peças publicitárias, e qualquer outro meio de comunicação faça uso dos elementos visuais da marca.

O manual de marca é um documento próprio para ser usado por profissionais e/ou empresas que cuidam da toda a comunicação visual do seu negócio, e por isso deve ser enviado juntamente com todos os arquivos da marca.

Itens indispensáveis na construção de um manual de marca

Hoje eu só vou listar os principais itens a serem considerados na construção de um manual de marca, mas prometo que no próximo artigo trarei mais detalhes e exemplos sobre cada um deles.

01. Capa
02. Índice
03. Introdução ao manual
04. Apresentação da empresa
05. Conceito da marca
06. Assinaturas da marca
07. Malha construtiva
08. Área de proteção
09. Limite de redução
10. Padrão cromático
11. Versões monocromáticas
12. Aplicação sobre diferentes fundos
13. Tipografia padrão
14. Aplicações incorretas
15. Créditos e contato

5 benefícios que um manual de marca pode trazer para o seu negócio

Uma identidade visual bem definida, normatizada e especificada por meio de um manual de marca, quando aplicada corretamente, traz inúmeros benefícios para a comunicação visual do seu negócio, dentre os quais podemos destacar:

1. Facilita e agiliza o processo de criação toda vez que for necessário trabalhar algum ponto de contato, uma vez que o conceito e o padrão já estarão definidos, evitando assim grandes erros durante a criação, que necessitem de muitos ajustes e revisões;

2. A agência ou profissional responsável pela criação terá no manual todas as informações necessárias para a aplicação da marca, e não precisará recorrer a ninguém para tirar dúvidas simples durante a criação;

3. Permite que a sua marca seja aplicada da maneira mais adequada em cada situação, preservando assim suas principais características visuais, de modo a garantir sempre a sua melhor apresentação;

4. Garante que toda criação visual que envolva a sua marca, independentemente por quem quer que seja feita, mantenha um padrão visual consistente e um certo nível de qualidade, transmitindo profissionalismo e credibilidade;

5. Permite a correta propagação da mensagem, atingindo o público-alvo com mais eficiência, facilitando a memorização e identificação da marca, construindo assim uma imagem positiva na mente dos consumidores.

Considerações Finais

O manual de marca uma parte muito importante de uma identidade visual, pois sem ele, todo um trabalho para a criação de um logo profissional, sustentado por um bom conceito, pode “ir por água abaixo”, e nessa história quem sai perdendo é você e o seu negócio.

Portanto, se você realmente deseja investir assertivamente na comunicação do seu negócio, não deixe de investir um pouco a mais para a criação de um manual de marca, e muito menos deixe para se preocupar com isso só lá na frente, pois se você começar errado, pode ser que nem tenha tempo corrigir o erro.

Tenha em mente que a sua marca precisa se comunicar de maneira assertiva desde o início, pois uma identidade visual consistente é essencial para que sua empresa se estabeleça de maneira profissional e credível no mercado.

Espero ter ajudado você a entender melhor a importância de um manual de marca para o seu negócio. Se quiser deixar a sua opinião, ou se ainda tem dúvidas sobre o assunto, então deixe sua mensagem nos comentários abaixo. Bons negócios e até o próximo artigo!

Clique para solicitar um orçamento!

Comentários

Comentários