O Facebook está Morrendo? Confira os Últimos Dados da Rede Social (e Algumas Tendências para 2017)

O Facebook está Morrendo? Confira os Últimos Dados da Rede Social (e Algumas Tendências para 2017)

Um dia desses, no trânsito aqui de Curitiba, eu estava ouvindo um podcast da Camila Porto, uma das maiores especialistas em Facebook Marketing do Brasil.

No episódio, a Camila respondia a seguinte pergunta de uma seguidora:

“Tenho ouvido constantemente que o Facebook já era! Que eu não tirarei do Facebook pacientes ou clientes, pois todos preferem Instagram ou Snap. O que você acha?”

Na mesma hora, após escutar e me identificar com a resposta da Camila, tive a ideia de criar este artigo para também mostrar a nossa opinião.

Você também tem essa dúvida? Então continue comigo!

>> Aproveite para baixar gratuitamente nosso e-book com 5 dicas para alavancar a página da sua empresa no Facebook.

O Facebook já era?

Realmente, é muito comum encontrarmos pessoas reclamando do Facebook, falando que o Facebook não funciona, que o alcance orgânico praticamente não existe mais e que o Mark Zuckerberg só quer saber de ganhar mais e mais dinheiro.

Eu acredito que isso ocorre basicamente por 3 motivos:

1 – As pessoas não têm o conhecimento necessário para planejar uma estratégia eficiente de Facebook Marketing;

2 – As pessoas não tem tempo (ou tem preguiça) de estudar sobre Facebook Marketing;

3 – As pessoas não têm persistência (e consistência), visto que o marketing nas redes sociais é uma estratégia de médio/longo prazo.

O que acontece é que essas pessoas acabam desistindo do Facebook e, em muitos casos, ficam pulando de galho em galho entre as redes sociais “da moda”. Pulam do Facebook para o Instagram, do Instagram para o Youtube, do Youtube para o Snapchat, e por aí vai.

Porém, mudar a rede social não irá resolver o problema. O que vai realmente resolver o problema é você mudar a forma de utilizá-la. Você deve mudar sua estratégia e estudar muito Facebook Marketing.

O próprio Facebook disponibiliza em seu site uma seção completa intitulada “Saiba como ter sucesso no Facebook”, com dicas e explicações sobre as ferramentas.

Além disso, há também o programa de educação Facebook Blueprint, um treinamento global do Facebook e um programa de certificação completo, para ensinar e ajudar os empresários a utilizar a plataforma.

Na página Facebook para Empresas, a equipe brasileira da rede social faz de forma recorrente eventos ao vivo, intitulados de “Facebook, tenho uma dúvida!”, onde dão dicas e respondem as dúvidas dos espectadores.

E por fim, você também pode acompanhar nossa seção exclusiva aqui no blog sobre mídias sociais, com diversos artigos para ajudar em sua estratégia de marketing para redes sociais.

Agora, caso você realmente não tenha tempo para estudar, então recomendo fortemente você contratar uma empresa especializada em gestão de redes sociais.

Ok, entendi. Mas o Facebook vai morrer ou não?

Não.

O Facebook não vai morrer, não vai acabar e nem falir.

A cada dia que passa a empresa investe pesado para aperfeiçoar as plataformas e ferramentas, priorizando sempre a melhor experiência para as empresas e, principalmente, para os usuários.

Pare um pouco e responda a seguinte pergunta: Se diversas pessoas e empresas têm sucesso no Facebook, será que o problema é mesmo o Facebook?

Nós já mostramos alguns casos de sucesso no Facebook neste artigo, como é o caso do hostel Rocinha Guesthouse, localizado na favela da Rocinha, que já recebeu hóspedes de mais de 12 países, divulgando o espaço e recebendo pedidos de reservas através da fan page.

Portanto, o primeiro passo é mudar a sua mentalidade. Você precisa entender que, seja no marketing para redes sociais ou qualquer outra estratégia de marketing digital, você precisará de investimento, seja em tempo e/ou dinheiro, e também precisará de consistência. Nada vai acontecer do dia para a noite.

Alguns dados para ajudar

Primeiramente, vou deixar aqui os dados sobre o mercado digital global, do relatório anual da We Are Social de janeiro de 2016.

Mercado digital global - Janeiro de 2016

Traduzindo:

População total: 7.395 bilhões

Usuários de internet: 3.419 bilhões

Usuários de redes sociais: 2.307 bilhões

Usuários de dispositivos móveis: 3.790 bilhões

Usuários de redes sociais mobile: 1.968 bilhão

E aí, será que vale a pena investir na internet?

Em meio a tantas opções e oportunidades encontradas hoje em dia no meio digital, é comum que apareçam dúvidas e mais dúvidas de como e onde começar.

Nós da Expressa Design acreditamos que o Facebook é uma ferramenta obrigatória para todo empresário que quer escalar o seu negócio e atingir muito mais pessoas.

No dia 2 de novembro, o Facebook anunciou os resultados do terceiro trimestre de 2016. Além do tradicional aumento na quantidade de usuários, há também um aumento no uso de vídeos para as plataformas do Facebook e do Instagram.

Confira o post da página do Mark:

O Facebook é a maior rede social do mundo, com mais de 1.8 bilhão de usuários.

No Brasil, mais de 100 milhões de pessoas tem uma conta no Facebook, ou seja, mais da metade da população de todo o país está presente na rede social.

Outro ponto importante é o fato de que 62 milhões de brasileiros estão online todos os dias no Facebook.

Com esses dados, fica evidente que há enormes chances de que o público que você quer atingir com seu negócio esteja lá, seja você um fisioterapeuta, um maquiador, um dentista, um designer, um personal trainer, dono de um restaurante, ou qualquer outro profissional.

Portanto, se você ainda não está presente na internet e no Facebook de forma sólida e profissional, aconselho você a refletir um pouco sobre todos esses dados que passei aqui e agir imediatamente.

Como disse anteriormente, mais da metade do nosso país já está na internet. E a outra metade está chegando. Então prepare-se!

Mas por que uns têm sucesso e outros não?

Como já disse anteriormente, você precisa mudar a sua mentalidade.

Foi-se o tempo em que era possível atingir muitas pessoas de forma orgânica no Facebook.

Só para deixar claro, alcance orgânico é o número total de pessoas que veem suas postagens por meio de uma distribuição não paga, ou seja, sem precisar investir em anúncios.

Acontece que com o passar do tempo e com o crescimento acelerado da plataforma, o Facebook fez diversas alterações em seu algoritmo EdgeRank, priorizando o usuário e “prejudicando” as empresas.

Meme o alcance orgânico do Facebook caiu!

Digo “prejudicando” entre aspas, pois no meu ponto de vista essas mudanças são naturais e de certa forma necessárias. É muita informação publicada todos os segundos na rede social, informações de qualidade e também informações duvidosas, enganosas e muito spam, portanto essas informações precisam ser filtradas.

>> Confira também nosso artigo para aprender como aumentar seu alcance orgânico no Facebook.

Enfim, destaca-se quem produz conteúdo que realmente é valioso para seu público-alvo.

Como meu público irá ver meu conteúdo se o alcance orgânico é muito baixo?

Aqui entramos em outro ponto que considero extremamente importante. Você precisa investir em anúncios no Facebook.

Você deve ter em mente que o Facebook é gratuito para as pessoas, para o usuário final, mas não para as empresas. O Facebook é um (baita!) negócio e, como todo negócio, ele precisa ser lucrativo.

Nos dados referentes ao 3º trimestre de 2016, que citei anteriormente, também foi divulgado a receita do Facebook: $7,011 bilhões (sendo $6,816 bilhões vindo de anúncios). Um aumento de 55,7% em relação ao mesmo período em 2015.

Ou seja, pare de “mimimi”, pare de escutar os “reclamadores profissionais” e entenda que o Facebook é um negócio. Um negócio que pode ajudar — e muito — o seu negócio.

A “má notícia” é que, com todo esse crescimento e todos esses números, vai ficar cada vez mais caro anunciar na plataforma, devido à concorrência que está cada vez maior.

A mesma situação que aconteceu com os anúncios no Google. Mas a vantagem é que anunciar no Facebook ainda é um investimento consideravelmente mais baixo do que anunciar no Google ou no Linkedin, por exemplo.

De qualquer forma, nós acreditamos que, além de utilizar o Facebook em seu negócio, anunciar no Facebook também é de suma importância para obter sucesso.

Inclusive, em nossos planos para gestão estratégica de Facebook, nós separamos mensalmente 10% do valor do plano para investir em anúncios.

Agora que você já sabe o caminho para iniciar uma estratégia de Facebook Marketing de forma correta, vou lhe dar mais algumas dicas para o ano que vem.

Tendências para o Facebook em 2017

Facebook Messenger para atendimento ao cliente

Facebook Messenger

Muito provavelmente você já utiliza o Messenger para se comunicar com amigos. O que talvez você não saiba é que diversas empresas já utilizam a ferramenta como canal de atendimento ao cliente.

E não para por aí. O Facebook tem investido em diversas novidades para a ferramenta e, talvez a mais interessante, são os Bots.

Bots, diminutivo de robots, são robôs programados para executar tarefas de forma automatizada. No Messenger, poderá ajudar as empresas a automatizar o processo de atendimento, enviando respostas de forma rápida e eficiente.

Essa é uma função de extrema valia para os negócios, visto que poderão disponibilizar de forma automática respostas para as dúvidas mais frequentes de clientes e prospects, informações de contato, preços, entre outros.

Outra função que já foi anunciada pelo Facebook será a integração de pagamentos nativos no Messenger. Isso significa que os usuários vão acessar produtos e realizar pagamentos diretamente no Messenger.

Mobile em primeiro lugar

Facebook mobile dispositivos móveis

Conforme dados apresentados no Facebook Summit 2016 — o principal evento do Facebook no Brasil, cujo tema foi Mobile Moves People — 108 milhões de brasileiros estão ativos todos os meses no Facebook, e desses 108 milhões, 99 milhões acessam o Facebook usando o celular.

Com esses dados, fica evidente a importância do seu negócio estar preparado para o mobile. Ter um site responsivo, por exemplo, já deixou de ser opção e tornou-se uma obrigação para qualquer empresa.

O Google já informou que está priorizando o mobile. Agora é a vez do Facebook, que informou que nos próximos anos irá focar em desenvolver novos produtos para dispositivos móveis, melhorando a experiência dos usuários com a ferramenta e com as marcas.

Canvas

Facebook Canvas

Continuando no mundo mobile, o Canvas é um formato de anúncio para dispositivos móveis em que você pode oferecer uma experiência completa para o usuário, com textos, imagens, vídeos e botões de chamadas para ação, sem que ela precise sair do Facebook.

Ao clicar em um anúncio Canvas em seu feed de notícias, o recurso abre uma tela cheia com a página que foi desenvolvida.

Com o Canvas, você poderá abusar da criatividade para proporcionar uma experiência fantástica para os seus seguidores, contando histórias e aproximando as pessoas da sua marca.

Portanto, se você ainda não possui um site profissional, os anúncios Canvas podem ser uma ótima opção.

Lives e vídeos

Facebook Live transmissão ao vivo

As transmissões ao vivo estão em alta no Facebook. Essa é uma ótima opção para você aproximar seus clientes e prospects com a sua marca. Você pode mostrar o dia a dia e os bastidores da sua empresa, fazer uma sessão de perguntas e respostas, entrevistas, dar dicas e conteúdos relevantes, além de criar uma forte conexão com seus seguidores, pois os espectadores podem perguntar em tempo real nos comentários da transmissão.

E ainda, aqueles que engajarem com o seu conteúdo podem se inscrever para receber notificações para suas próximas Lives.

Vale lembrar que as transmissões ficam disponíveis em sua fan page, podendo ser acessadas posteriormente pelas pessoas que perderam a transmissão ao vivo. E você ainda pode criar anúncios com os vídeos das transmissões que foram gravadas.

Os vídeos, inclusive, também estão em alta. O próprio Facebook já anunciou que está priorizando conteúdo em vídeo, entregando as postagens para mais pessoas. Portanto, investir em vídeos é outra ótima opção para o seu negócio.

Gostou do conteúdo?

Se você gostou deste artigo, tem alguma dúvida ou sugestão a fazer, deixe um comentário abaixo!

Quer mais?

Então eu convido você para baixar nosso e-book “5 dicas para alavancar a página da sua empresa no Facebook”. É só clicar na imagem abaixo:

Clique para baixar o e-book!

Comentários

Comentários